terça-feira, 2 de março de 2010

Nossa... saudade

O post de hoje  vai (rasgadamente) para um grupo de mulheres aprendizes e professoras. Uso as palavras de Fátima Guedes (com algumas licenças poéticas) para enviar um abraço para elas:

“Estrela não tem luz própria,
quase ninguém sabe disso.
Eu sinto muita saudade do brilho dos(das) meus(minhas)  amigos(amigas).
Sinto tanta falta de você(S)”

OBS.  Fátima Guedes é uma jóia brasileira:  boa cantora, excelente compositora. Bem jovem já compunha canções densas,  musical e poeticamente falando. Gosto particularmente de seus primeiros discos e de um chamado “Pra bom entendedor. . .”( gravado na década de 1990 pelo extinto selo Velas). Ela está esplendorosa como intérprete. . . a maturidade fez dela uma artista de raro talento. Como diria Vinícius: “Benção Fátima Guedes!”

2 comentários:

Lia Bezerra disse...

Saudade GIGANTE!
beijos :)

A Moni. disse...

Finalmente cheguei pra conhecer o teu espaço, Rita!
Sempre um presente, conhecer blogs de gente inteligente, de bom gosto literário, musical e que faz com que as palavras tomem seu melhor sentido... Ou os melhores...por que não?

Gosto muito da Fátima Guedes. Pinço a minha preferida: Flor de ir embora.

Beijos, querida!
Ótimo fim de semana... Estarei sempre por aqui!